Houve uma falha no carregamento do site, clique em recarregar para acessar.

Frases de Ramón de Campoamor

Quanto a prazeres devemos ser atenienses na juventude, pois seremos espartanos na velhice.

Em amor saber fazer sofrer é saber fazer-se amar.

Em lances de amor a mentira é um dever.

A mulher é uma flor com alma.

Para a nossa alma o mundo é o que se ama.

Tememos a morte, que todos os males consola.

Paciência é uma coragem mais rara que aquela a que se chama valentia.

É mau o pecado, mas é muito pior a hipocrisia.

A pátria tem qualquer coisa de divino que faz chorar quem se ausenta dela.

Perdão: a mulher, quando esquece, é porque ainda aprecia. O homem que perdoa, é porque despreza.

Poesia – divina música da alma!

Há males que só cura o bálsamo da morte.

A música é a voz do infinito.

Torna-se verdade a mentira repetida.

Pensa para falar, mas não fales para pensar.

No mundo nada é verdade nem mentira: tudo depende da cor do cristal com que se mira.

Poeta – um ser de utilidade desconhecida.

Os prazeres são o berço dos pesares.

A vida é o amor em movimento.

Na sua essência, a virtude é metade opinião e outra metade aparência.

Entre na sua conta Frases