Frases de Rubem Alves

Não existe nada mais comovente que uma criança adormecida. Quem contempla uma criança adormecida tem de ficar bom, tem de ficar manso.

Amor é a possibilidade de duas pessoas não se aborrecerem uma à outra.

A paixão é feita de carradas de infelicidade e outras carradas de felicidade. […] Vale a pena, vale sempre a pena, se não houver paixão, amor, eu insisto em chamar amor, se não houver paixão, nunca se sabe o que é viver, o que é a entrega, uma lucidez que dá alegria, uma lucidez que só se tem nessas alturas, depois passa, lucidez e entusiasmo.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O amor é duas coisas ao mesmo tempo; uma, muito fraca, quebra à mínima oscilação; e outra, de uma fortaleza sobrenatural, aliada a um poder que vem das entranhas, força cósmica, para além das convenções, das leis morais, dos requisitos técnicos das religiosidades.

A alma é o lugar onde o amor guarda o que não aconteceu.

Ao final de nossas longas andaças, chegamos finalmente ao lugar. E o vemos então pela primeira vez. Para isso caminhamos a vida inteira para chegar ao lugar de onde partimos. E, quando chegamos, é surpresa. È como se nunca o tivéssemos visto. Agora, ao final de nossas andaças, nossos olhos são outros, olhos de velhice, de saudade.

E bem pode ser que as pessoas descubram no fascínio do conhecimento uma boa razão para viver, se elas forem sábias o bastante para isto, e puderem suportar a convivência com o erro, o não saber e, sobretudo, se não morrer nelas o permanente encanto com o mistério do universo.

A vida é composta como uma partitura musical. O ser humano, guiado pelo sentido da beleza, escolhe um tema que fará parte da partitura da sua vida. Voltará ao tema, repetindo-o, modificando-o, desenvolvendo-o, transpondo-o, como faz um compositor com os temas de uma sonata.

A exigência mata o amor. A necessidade imensa que tens de companhia, de estar ao pé, de ternura, de já, de saber de ir perto do mais perto, de envolver o amor, de dares personalidade na loucura, essa necessidade mata o amor, estrangula, a liberdade é amor que rouba o livre amor, é tão bom que deita por fora, escalda.

O amor é prazer, é amor de companhia, é amor de estar junto, precisa de mais coisas. […] Mas onde é que está o amor completo? Essa ambição mata o amor, esse desejo de tudo ter da outra pessoa, de tudo exigir, de tudo querer, essa ambição leva a desgraça, a drama, a paixão sem controle, folha de árvore a cair no Outono.

Muito do amor vem com o trabalho, com a persistência, com a presença. […] O amor é uma obra de arte, o acto do amor é uma obra de arte.

Todo jardim começa com uma história de amor, antes que qualquer árvore seja plantada ou um lago construído é preciso que eles tenham nascido dentro da alma. Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles.

Mas nós somos como as lagartixas que perdem o rabo: logo um rabo novo cresce no lugar do velho. Assim é com a gente: logo a vida volta à normalidade e estamos prontos a amar de novo.

A saudade doída passa a ser só uma dorzinha gostosa.

Conhecimento é coisa erótica, que engravida. Mas é preciso que o desejo faça o corpo se mover para o amor. Caso contrário, permanecem os olhos, impotentes e inúteis. Para conhecer é preciso primeiro amar.

A beleza é a face visível de Deus.

Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar.

Mas na profissão, além de amar tem de saber. E o saber leva tempo pra crescer.

Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente, a beleza única do momento que nunca mais será?

As razões de poder transformam crimes em heroísmo.

Entre na sua conta Frases